Sustentabilidade
para nós é atitude!

Segundo a Associação Empresarial para Reciclagem (CEMPRE),  no lixo convencional (não orgânico e doméstico) constata-se que, enquanto aproximadamente 45% do lixo produzido é reciclável apenas 2% do lixo urbano é reciclado. E de tudo que se recicla: 4% é metal; 3% é vidro; 3% é plástico. Papel e papelão somam 25%.  O restante do lixo vai para lixões (75%), aterros controlados (13%) e aterros sanitários (10%).

Os ‘lixões’ são espaços não planejados, destinados a apenas receber os resíduos, sem que haja preparação adequada para separação e/ou tratamento dos mesmos.  Os ‘aterros controlados’ são os espaços onde o lixo é coberto diariamente por terra a fim de evitar a proliferação de insetos e maus odores, apesar de não apresentar um projeto mais elaborado para a não contaminação do solo e de águas no subsolo. Para este destino são encaminhados cerca de 10% de todo lixo produzido.

Aqui na Salmeron, nossa proposta é o ATERRO ZERO.

O que é
Aterro Zero?

O conceito de aterro zero propõe a destinação ambientalmente adequada de todos os rejeitos com aproveitamento de seu potencial energético, proporcionando a diminuição do uso dos aterros.

Com esse conceito contribuímos para vida participando de uma economia circular.

Veja na tabela a comparação entre Aterro Sanitário X Aterro Zero

✔ ATERRO ZERO
✖ ATERRO SANITÁRIO
  • Eliminação definitiva: técnica ambientalmente segura de eliminação total dos resíduos;
  • Redução das emissões atmosféricas;
  • Ferramenta sustentável para gestão de resíduos;
  • Substituição de recursos energéticos não renováveis;
  • Redução das atividades extrativas e seus impactos negativas;
  • Proporciona Economia Circular.
  • Ocupação de grande área para seu funcionamento;
  • A decomposição dos materiais produz gases que contribuem para a poluição atmosférica, são altamente inflamáveis e possuem forte odor;
  • Possibilidade de poluição do solo e água;
  • Desvalorização imobiliária nas áreas de seu entorno;
  • Queda na qualidade de vida de sua vizinhança.

O que é
Economia Circular?

A economia circular é um conceito baseado na inteligência da natureza, opondo ao processo produtivo linear o processo circular, onde os resíduos são insumos para a produção de novos produtos. No meio ambiente, restos de frutas consumidas por animais se decompõem e viram adubo para plantas. Esse conceito também é chamado de “cradle to cradle” (do berço ao berço), onde não existe a ideia de resíduo, e tudo é continuamente nutriente para um novo ciclo.

Infelizmente, nosso sistema produtivo ainda funciona de forma linear, ou seja, não é sustentável, pois resulta em uma exploração excessiva de recursos e um grande acúmulo de resíduos. Explorando a matéria-prima, produzindo bens e depois os descartando, sem ver valor no depois do resíduo. E é aí que a Salmeron entra! Com a coleta e destinação adequada para cada tipo de resíduo. Valorizando, reciclando, recuperando e reaproveitando, mudamos o caminho usual para um caminho sustentável.

O que acontece com
o lixo que você joga fora?

O que é
pegada ecológica?

A Pegada Ecológica é uma metodologia de contabilidade ambiental que permite avaliar a demanda humana por recursos naturais, com a capacidade regenerativa do planeta. A Pegada Ecológica de uma pessoa, cidade, país ou região corresponde ao tamanho das áreas produtivas de terra e mar necessárias para gerar produtos, bens e serviços que utilizamos. Basicamente, tudo o que usamos para viver vem da natureza e mais tarde voltará para ela. Essa é a nossa Pegada.

Ela mede a quantidade de recursos naturais biológicos renováveis (grãos, vegetais, carne, peixes, madeira e fibra, energia renovável entre outros) que estamos utilizando para manter o nosso estilo de vida. O cálculo é feito somando as áreas necessárias para fornecer os recursos renováveis utilizados e para a absorção de resíduos. É utilizada uma unidade de medida, o hectare global (gha), que é a média mundial para terras e águas produtivas em um ano.

Qual marca sua empresa tem deixado ao planeta?

Reduzir a pegada ambiental da sua empresa é fundamental para um crescimento mais lucrativo e sustentável. Além de fortalecer o relacionamento entre os seus públicos gerando confiança na sua marca.