Dia 29 de Maio é considerado o Dia Mundial da Energia. A data foi criada em 1981 e seu propósito é motivar o uso de energias renováveis, além do uso consciente da energia.

O que é energia renovável? 

Como diz o nome é uma "Energia que se renova", ou seja, diferente dos combustíveis convencionais (combustíveis fósseis como petróleo, carvão mineral e gás natural), não depende de centenas ou milhares de anos para se renovar.

As energias renováveis são fontes de energia que são geradas a partir de processos e recursos naturais que são continuamente reabastecidos em uma escala de tempo humana. Os exemplos desse tipo de energia são: solar, calor geotérmica, energia eólica, energia das marés, energia hídrica (água), e outras várias formas de bioenergia (biomassa).

Tabela as "Vantagens" e Desvantagens da Energia não Renovável:

Desvantagens das Energias Não-Renováveis
"Vantagens" das Energias Não-Renováveis
  • Não é Renovável. Parece óbvio mas vale reforçar, um dia as reservas das fontes não-renováveis irão acabar e, caso o ser humano não invista o necessário em fontes renováveis (eólica, hidrelétrica, solar entre outras), poderemos sofrer falta de energia no futuro.
  • A queima de combustíveis fósseis gera poluição do ar, prejudicando a saúde das pessoas, principalmente nos grandes centros urbanos.
  • Alguns gases poluentes, resultantes da queima destes combustíveis, são um dos principais fatores da geração do efeito estufa e do aquecimento global. Portanto, são extremamente prejudiciais ao meio ambiente.
  • A queima destes combustíveis fósseis também é um dos principais geradores da chuva ácida.
  • Como são muito inflamáveis, os combustíveis de fontes não renováveis devem ser estocados com muito cuidado, pois o risco de explosão de reservatórios é elevado.
  • A extração e transporte do petróleo, principalmente em águas oceânicas, devem ser feitos com extremo cuidado. Já ocorreram vários acidentes ambientais provocados pelo derramamento de petróleo nas águas oceânicas, gerando problemas ambientais de grandes proporções nos ecossistemas marinhos.
  • Grande parte da produção de petróleo é controlada pelos países da OPEP (Organização dos Países Exportadores de Petróleo). Estes países acabam por definir preços e quantidade de produção. Este fato gera uma dependência mundial destes países que podem, a qualquer momento, mudar suas políticas de venda e produção de petróleo.
  • Já no caso do urânio (combustível nuclear) existe a desvantagem da complexidade de manipulação nas usinas nucleares. Em caso de acidentes nucleares, os riscos para a população e meio ambiente são elevadíssimos. O custo para a geração de energia proveniente desta fonte também e muito alto.
  • São fontes de energia usadas há muito tempo, portanto são bem conhecidas dos seres humanos. Isto é uma vantagem, pois já existe toda tecnologia e infraestrutura voltadas para estes tipos de energia.
  • Em comparação às fontes renováveis, no geral, costumam ter um preço mais baixo. Por isso estas fontes são muito usadas por países mais pobres ou em processo de desenvolvimento.
  • O petróleo, além de gerar combustíveis (gasolina de automóveis, combustíveis de aviação e diesel), também gera uma grande quantidade de derivados (parafina, gás natural, nafta petroquímica, produtos asfálticos, querosene, solventes, entre outros).
  • Elevado rendimento energético
  • Criam muitos postos de trabalho
  • Fáceis de transportar
  • Variedade de utilização

Entenda os tipos de Energias:

Fontes de Energias não Renováveis:

  • Carvão Mineral: O carvão mineral originou-se da carbonização de restos de bosques em épocas geológicas quentes e úmidas.
  • Petróleo: O petróleo é um combustível fóssil, produzido há milhões de anos atrás pela pressão de material orgânico, e é hoje encontrado em algumas zonas do subsolo da terra. É a principal fonte de energia atual.
  • Gás Natural: Gás natural é a designação genérica de um combustível cujo principal componente é o metano (CH4), o hidrocarboneto de cadeia mais simples, são proveniente de jazidas naturais localizadas em reservas que geralmente também são fontes de petróleo, mas não necessariamente. Sua composição varia, além do metano, pode ser composta de etano, propano, butano e hidrocarbonetos mais pesados.
  • Nuclear: O uso de energia nuclear requer um combustível radioativo, o minério de urânio está presente no solo em concentrações relativamente baixas sendo extraído por mineração em 19 países.

Fontes de Energias Renováveis:

  • Biomassa: Utiliza matéria de origem vegetal para produzir energia (bagaço de cana-de-açúcar, álcool, madeira, palha de arroz, óleos vegetais etc).
  • Hidráulica: A energia hidroelétrica é a energia que se produz em barragens construídas em cursos de água . Essa energia parte da chuva que forma os rios que são represados, a água desses rios faz girar turbinas que produzem energia elétrica.
  • Eólica: A energia eólica é a energia gerada através da força do vento captado por aerogeradores.
  • Solar: Utiliza os raios solares para gerar energia oferece vantagens como: não polui, é renovável e existe em abundância.
  • Geotérmica: A energia geotérmica é a energia do interior da Terra.
  • Etanol: O Etanol é produzido principalmente a partir da cana-de-açúcar e do eucalipto. Como energia pode ser utilizado para fazer funcionar motores de veículos ou para produzir energia elétrica.
  • Biodiesel: Combustível renovável derivado de óleos vegetais, como soja, caroço de algodão, canola, dendê e demais oleaginosas, ou de gorduras animais, usado em motores a diesel, em qualquer concentração de mistura com o diesel.
  • Ondas e Marés: A energia dos mares é a energia que se obtém a partir do movimento das ondas, a das marés ou da diferença de temperatura entre os níveis da água do mar.

A matriz energética no Brasil é baseada majoritariamente na geração de energia pelas hidrelétricas, que assegurava um baixo preço da eletricidade ao setor das indústrias nos últimos anos. Atualmente, no entanto, os potenciais hidrelétricos estão esgotados na região industrializada do Brasil e qualquer novo investimento em hidrogeração de energia elétrica, para atender a nova demanda de uma economia em crescimento, é realizado em lugares mais distantes dos pontos de consumo, resultando em maiores custos de transmissão e requisitos ambientais mais rigorosos.

Biomassa: Alternativa rentável e sustentável

A biomassa, do ponto de vista energético, é toda a matéria orgânica que pode ser usada para a produção de energia, sendo considerada uma fonte renovável.  Para a produção de energia através da biomassa são necessários processos, como por exemplo, a combustão de madeira para produção de energia. A vantagem da produção de energia através de biomassa é o baixo custo e o reaproveitamento de resíduos, além de ser menos poluente que outras formas de energias como aquelas obtidas a partir de combustíveis fósseis.

A queima de biomassa provoca a liberação de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera, mas como este gás havia sido previamente absorvido pelas plantas que deram origem ao combustível, o balanço de emissões de CO2 para a atmosfera é considerado nulo, fechando assim o ciclo de renovação da biomassa. Garantindo a empresa que utilizá-lo, economia considerável em seus processos e ganho de mercado, por possuírem vantagem competitiva sobre seus concorrentes.

A Locação de Caldeiras ou o Outsourcing de Caldeiras de Biovapor, tem como objetivo a autossuficiência energética e uso de energia renovável para um modelo de negócio mais sustentável.

Segundo estimativas apresentada no Acordo de Paris de 2015, o aquecimento global mundial deve e pode ser reduzido a partir do momento em que as grandes empresas passarem a adotar alternativas sustentáveis para o seu negócio.

Com a adoção da energia limpa a partir da biomassa, sua empresa terá uma economia mensal no custo com o consumo de energia e estará melhor preparada, com perfil mais competitivo e sustentável.

 

Sobre nós:

Atuamos a mais de 40 anos no segmento de gestão de resíduos e reciclagem. Somos reconhecidos pelo pioneirismo na reciclagem energética, certificados pelo FSC e pelas ISO 14.001 e ISO 9001  para o mercado de energia limpa e sustentável e pelo amplo investimento em melhorias e inovações no serviço de Gestão Total de Resíduos (coleta, tratamento, reciclagem, recuperação, armazenamento, descaracterização, valorização e comercialização de diversos tipos de resíduos). Somos licenciados pelos órgãos competentes (CETESB, INEA, SEMAD, IAP).

Entre em contato conosco e destine todos os seus resíduos corretamente.

Deixe um comentário:
*

Your email address will not be published.